A Maze of Death – Philip K. Dick

image

A Maze of Death (O Labirinto da Morte) é um livro de Phillip K. Dick, escrito em 1970, e talvez seja o livro mais soturno que ele escreveu.

Introdução ao roteiro

A estória mostra quatorze colonistas em um planeta conhecido como Delmak-o. Eles possuem as mais variadas profissões, como: físicos, teólogos, psicólogos, geologistas e até mesmo dois biólogos marinhos e um economista (estranho em um mundo sem mares e sem economia, não é?!).
Delmak-o é um mundo inexplorado, habitado por seres reais e artificiais e enormes seres cúbicos e gelatinosos, chamados Tenches, capazes de duplicar itens apresentados a eles, e capazes de responder perguntas, mas de forma misteriosa.
Eles tem uma curiosa teologia, onde a existência de Deus foi provada cientificamente, e as preces são feitas diretamente para a mente divina através de uma conexão direta com o cérebro.
Quando as comunicações, inclusive com Deus, interrompem-se e não podem mais ser restabelecidas os colonizadores percebem que estão condenados a ficar abandonados no planeta.
Vários membros do grupo afirmam ter visto um grande prédio, muito misterioso, e parte do grupo parte para tentar descobrir algo a respeito.
Um a um os personagens matam-se, ou são mortos em circunstâncias misteriosas.
O pequeno  grupo restante chega à conclusão que todos são criminalmente insanos, e talvez parte de algum experimento de reabilitação.
Eles descobrem que todos também possuem uma tatuagem onde esta escrito Persus 9.
Eles afinal descobrem que a realidade é bem mais cruel do que imaginavam.

Considerações sobre o livro

Não sei se esse livro pode se encontrado em alguma edição em português do Brasil, mas não percam tempo com uma tradução não oficial que circula por ai, de alguém que se identifica L.A., ela é horrível, se ele tivesse utilizado apenas o Google Translate acho que teria ficado mais inteligível. Tive que parar e voltar ao início lendo em inglês mesmo.
Philip K. Dick é realmente um gênio da ficção científica, e mais uma vez ele criou uma estória original e empolgante, apesar de um tanto depressiva.
É evidente que os criadores da série Lost se inspiraram em A Maze of Death, mas garanto que o final do livro não é nada ridículo como o da série da TV.
O final é incrivelmente surpreendente, e questões confusas e malucas são explicadas e tudo se encaixa magistralmente, criando-se assim uma obra prima da ficção científica.

 

Anúncios

2 comentários sobre “A Maze of Death – Philip K. Dick

  1. O parceiro… concordo plenamente com a tradução encontrada por aí… pena que não leio em inglês.
    Será que não rola uma tradução dessa obra prima?
    De qualquer maneira obrigado por me instigar mais um pouco.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s